Produzido por: http://leitaoemacao.com

  Edição de SETEMBRO/2017

    5  
    alsouza   1 set  

    QUERIDINHAS DO BUTECO

    Olá, Pessoal   
     
    Gostaria de para parabenizar os aniversariantes de Setembro, em particular o Humberto, com uma década de investimento gradual. O que nos conta, Humberto? 
     
    Seguem nome e idade da carteira em anos:   
     
    Humberto 10 
    Dri Guerra 7 
    KUNIYO 6 
    guicaetano 4 
    Wilson Vieira 2 
    Rogério 2 
    Rogério Sápia 2 
    Cidao 2 
    thiago cusin 2 
    Leonardo Marceliono 2 
    MdeCarvalho 2 
    ppatricio68 1 
    ... Ver mais  
    Para quem não conhece, a versão mais atualizada das Queridinhas do Buteco está aqui:     
     
    http://goo.gl/c5ZLoq(...)             
     
    Note que tem duas abas lá no alto da página, a das Queridinhas e a das Carteiras. Esta última mostra as carteiras cadastradas.     
     
    Para incluir a carteira no levantamento, use o link:     
     
    http://goo.gl/8l0w4P(...)               
     
    A atualização dos dados é automática.             
     
    Para modificar a carteira, inclua a nova que eu apago a antiga.

      Turco, Leitão, Gabriel, Luiz_Alvim, Roberto Luis Pivetta curtiram isto.



    15  
    Leitão   4 set  

    MINHA OPINIÃO/ANÁLISE PESSOAL SOBRE: CIE... - CIEL3

    Amigos, bom dia! 
    Hoje de manhã tive uma ideia! Vou fazer um teste...  
     
    Criarei um tópico para cada papel (aos poucos) para que cada um, voluntariamente, deixe sua opinião/análise pessoal. Farei a moderação desses tópicos.  
     
    O objetivo não é discutir cada papel e sim manter um relatório com opiniões pessoais... As discussões podem ocorrer em outros tópicos livres... o objetivo aqui é uma lista de opiniões objetivas de cada um, para servir de referência ... Ver mais para todos... 
     
    Regras: 
     
    1 - Deixe sua opinião/análise sobre o papel/empresa em questão. Se possível faça uma análise com mais detalhes enriquecendo sua argumentação com indicadores, números... Pode inclusive adicionar anexos com gráficos, PDFs, Docs, etc... Quanto mais rica sua análise, melhor para todos.  
    **Se você gosta ou tem em carteira, argumente. Se não gosta ou não tem em carteira, argumente também se já analisou antes... Opiniões favoráveis e desfavoráveis são igualmente importantes. 
     
    2 - Não responda a mensagem de outros. O objetivo aqui não é a discussão em grupo e sim a opinião pontual de cada um.  
     
    3 - Quando desejar atualizar sua opinião ou incrementar a análise, ok, basta incluir nova mensagem. Mas vamos procurar deixar um post para cada pessoa e assim o relatório vai ficando rico, sintético e objetivo. 
     
    **Obs.: Se você já tem post analisando o papel em questão, pode copiar e colar aqui, incrementando mais se desejar... 
     
    Será que vai dar certo? Rsssss.... Quem anima tentar? :-) 
     
    Abraços! 
    Leitão 
    PS.: Para não influenciar, eu mesmo não participarei com opiniões pessoais.

      Turco, Luiz_Alvim, Abreu, Carlão_A, Zanoni, mauricio gonzo, Diego, Mone, Tom, joao, André, Samanta Arrais, Duck Zanca, José, Roberto Luis Pivetta curtiram isto.



    3  
    Luiz_Alvim   4 set  

    PODE UMA EMPRESA QUE ADOTA O PAY OUT MÍN... - CGRA4

    Olá Roberto Pivetta, 
     
    Seja muito bem-vindo ao Buteco. Graças ao nosso Mestre Leitão, pelo menos três ou quatro vezes por ano (sempre que uma nova turma conclui os cursos), recebemos aqui uma nova leva de amigos e amigas para engrossar cada vez mais este nosso grupo. Isto é muito bom, porque contribui para aumentar as possibilidades de troca de conhecimentos entre todos que frequentam este espaço. 
     
    Eu realmente acredito que a Grazziotin é uma ótima empresa. Ela ... Ver mais tem exatamente a minha idade (67 anos) e está listada na bolsa desde 1979. Mas, ainda assim, é uma empresa pouco conhecida no mercado, não sendo alvo da atenção da maioria dos investidores. Minha principal sugestão aos novos amigos que chegam ao Buteco é que selecionem o melhor possível as empresas que farão parte da sua carteira. Para isto é importante definir bem os seus critérios de seleção e gastar um tempo estudando as empresas antes de definir as escolhidas e iniciar as compras. É um processo que, em minha opinião, dever ser feito com bastante calma. Quanto maior for o conhecimento sobre as empresas que escolhemos para ser sócio, melhor.  
     
    Com relação à posição da CGRA no ranking das queridinhas, realmente não sei explicar. O ranking, que é fruto de um excelente trabalho realizado pelo nosso colega Alsouza, é apurado com base nas carteiras informadas por cada um dos butequeiros. Fui lá dar uma olhada e percebi que a CGRA aparece em 15% das carteiras registradas. Não é de todo mal, se considerarmos que a empresa não é muito conhecida. Além disso, é sempre bom lembrar que cada um tem a liberdade de definir a sua estratégia para atingir os objetivos do seu IG e formular os seus critérios de seleção das empresas. 
     
     
    Abraço, 
    Luiz Alvim 
     

      Turco, Leitão, Roberto Luis Pivetta curtiram isto.



    3  
    Roberto Luis Pivetta   4 set  

    PODE UMA EMPRESA QUE ADOTA O PAY OUT MÍN... - CGRA4

    Turco, 
     
       Muito obrigado pelo conselho, porém após o curso eu já mudei de ideia hehehe. Eu vou respeitar o ciclo IG. 
    Além disso, como sou novo vou aos poucos. Eu pretendo entrar este mês e aí então escolhi 2 papéis para entrar: 
    GRND3 e a CGR4 . A ideia é fazer aportes de 500 todo o mês , conforme o IG. No mês que vem eu estudo até lá e vou escolhendo aos poucos. Creio que assim será mais tranquilo. Os 5 mil reais eu coloquei na Renda Fixa em títulos ... Ver mais públicos que me renderam de junho até aqui 118% do cdi.  
     
    Abs.

      Turco, Abreu, Luiz_Alvim curtiram isto.



    3  
    César   4 set  

    PODE UMA EMPRESA QUE ADOTA O PAY OUT MÍN... - CGRA4

    Bem-vindo, Roberto! 
    És a prova viva do patriotismo gaúcho. 
    As primeiras compras sendo CAGR e GRND é sintomático. 
    Só falta dizer q as próximas serão GGBR e FJTA. Mas bá, tchê! 
    Desculpe a brincadeira, mas como catarina, não resisti. 
    Abraços e sucesso nos investimentos,  
    César

      Luiz_Alvim, Carlão_A, Roberto Luis Pivetta curtiram isto.



    4  
    Luiz_Alvim   5 set  

    PREENCHIMENTO PLANILHA DE IG

    Olá Silvio e demais amigos do Buteco, 
     
    Com relação ao arquivamento das planilhas é exatamente como você interpretou. Salvo as planilhas com o fechamento de cada mês, mas cada uma delas possui todos os registros desde o início do IG (JAN/2012 no meu caso) até o mês em que ela foi salva. Portanto, a planilha de agosto/17 possui sim todos os registros deste o início do IG. 
     
    No caso dos índices, o mais importante é o CDI, porque com base neste índice a planilha do ... Ver mais Mestre calcula para cada valor investido o custo de oportunidade, ou seja, quanto o seu dinheiro aplicado teria rendido se estivesse na renda fixa. Em minha opinião, esta é a grande e mais importante comparação com a rentabilidade da carteira que precisa ser feita. O valor que eu informo é a média anual do CDI desde o início do IG, no meu caso janeiro/2012. Neste momento a média anual do CDI está dando 10,1%. Depois de perder para o CDI durante a maior parte do tempo, a partir deste ano a minha carteira já começou a ganhar da renda fixa, que é o que de fato se espera de um investimento numa boa carteira de ações em um horizonte de longo prazo. 
     
    No caso da inflação (IPCA), eu registro o índice acumulado desde o início do IG, mas não consigo ver muita utilidade para isto. Comparar a rentabilidade de uma carteira de ações, onde as compras são feitas gradualmente ao longo do tempo, com a inflação acumulada não faz nenhum sentido, no meu modo de ver. A comparação faria sentido se todas as ações tivessem sido compradas de uma vez só lá no início. 
     
    Abraço, 
    Luiz Alvim 

      Fabiano, Silvio, José, Mone curtiram isto.



    2  
    Luiz_Alvim   5 set  

    PODE UMA EMPRESA QUE ADOTA O PAY OUT MÍN... - CGRA4

    Olá Roberto Pivetta, 
     
    Acho que você está certo em gastar um tempo para conhecer e avaliar melhor a empresa. Mas não entendi bem esta história de gráfico. Se é para investimento (IG) nós precisamos olhar é para os fundamentos da empresa. Análise gráfica só serve para especulação e, para isto, não me parece que a CGRA4 seja uma boa empresa, pois sua liquidez não é muito grande. Também não me preocuparia se as outras pessoas gostam ou não da empresa. Eu tenho os meus critérios para ... Ver mais avaliar uma empresa e se ela me atende bem, fico tranquilo em me tornar sócio dela. O mercado, de uma maneira geral, tem muito mais especuladores do que investidores que de fato possuem uma visão de longo prazo e é por isto, que vez ou outra surgem distorções grandes nos preços das ações. Em tempo: GRENDENE também é uma empresa top, em minha opinião, e está na minha carteira há um bom tempo. Possui uma execução perfeita. 
     
    Abraço, 
    Luiz Alvim 
     
     
     

      Leitão, Mone curtiram isto.



    5  
    Leitão   6 set  

    PODE UMA EMPRESA QUE ADOTA O PAY OUT MÍN...

    Oi Dummy! 
    Boa tarde! 
     
    Estava passando por aqui e vi sua mensagem, deixe-me ajudar um pouco: 
     
    O curso de hoje é o mesmo de sempre. Não alterei nenhuma vírgula sequer em seu conteúdo. Continua com o mesmo jeito informal e cheio de erros de gravação do começo, rsss... Justamente porque foi feito em cima de conceitos perenes, e tem que ser assim. Investir exige conceitos perenes, senão não dá...  
     
    Sobre suas questões: 
     
    1 ... Ver mais - Se for esperar momento ideal para ,começar a investir não vai começar nunca. Comece, mesmo que devagar, senão o tempo passa... e o tempo é valioso. A experiência que se ganha com o tempo já vale a pena... 
     
    2 - Os dados do site Fundamentos são muito confiáveis e eu sempre verifico isso pessoalmente. A anos é assim e permanece sendo. Mas existem outras fontes de informação, principalmente o site da Bovespa com dados nativos... na dúvida basta ir lá e conferir os balanços... Além dos sites de cada empresa também... 
     
    3 - Não há e nunca houve obrigatoriedade de comprar o Metastock. Eu sempre passei uma versão Trial livre sem custo algum. E a base de dados é preciosa e prefiro o serviço pago de 60,00 por ano da Quotebr, mas também não é obrigatório. Temos muitos sites online com gráficos e as próprias corretoras fornecem ótimos programas gráficos... 
     
    Vou encaminhar para seu email um email com dicas sobre os programas gráficos, isso vai lhe ajudar... 
     
    Um abraço! 
    Leitão

      Luiz_Alvim, Abreu, Turco, Guirado, Mone curtiram isto.



    5  
    Abreu   7 set  

    PODE UMA EMPRESA QUE ADOTA O PAY OUT MÍN...

    dummy 
     
    Começa isso logo, nem que seja com R$ 50 ou R$ 100 mensais. 
    O que importa é o aprendizado, que vem não só com a dedicação, mas com o tempo/acompanhamento. 
    Não uso programa gráfico, acredito que muito aqui não utilizam também. Isso não deve te desestimular. 
    Olho alguns fundamentos no guiaivest e fundamentus, e frequento o buteco. 

      Turco, Luiz_Alvim, Fernando_Klem, Guirado, Leitão curtiram isto.



    4  
    Turco   7 set  

    MGLU3 - PREÇO - MGLU3

    A título de colaboração, apenso comentário no CHAT do Leitão, de 14 a 20/08/2017, sobre esta empresa:  
     
    "4 - Marcelo on 2017-agosto-17 said:  
     
    Moço, que legal… acho que vou aplicar toda a minha grana na MGLU!!!  
    Incrível, ela valia 100,00 no inicio do ano e agora está valendo 500,00.  
    KKKKK  
    Me lembro do ano de 2011, quando ocorreu a “bolha do alicate”… As ações da MUNDIAL valorizou em entre fevereiro e julho de 2011 2950%. Foi uma ... Ver mais febre de recomendações para se comprar ações dessa empresa, até aqui no blog me lembro de gente perguntando se era bom comprar, mas Leitão nos alertou e disse para nem passar perto! Rsrs….  
    Meses depois a farra pipocou e milhões de prejuízo ficaram na mão de inocentes gananciosos…. Lembro de uma matéria que li em que um senhor tinha aplicado cerca de um milhão de reais por recomendação da corretora… Ele amargou um prejuízo de cerca de 80% do que investiu…  
    Isso foi caso de policia federal e muitas ações judiciais…. Mas acho que quem perdeu, perdeu… Já era!  
    Quem tiver curiosidade, pesquise o caso da Mundial, antes de comprar Magazine Luíza.  
     
    5-Leitão on 2017-agosto-18 said:  
    Oi Marcelo!  
    Boa tarde!  
     
    Obrigado pelo comentário!  
     
    Achei o caso, veja:  
    http://leitaoemacao.(...)  
     
    Abração!  
    Leitão "  

      Leitão, José, joao, Mone curtiram isto.



    7  
    Leitão   13 set  

    BULLMARKET: ATÉ QUANDO? - IBOV

    Oi Ronaldo! Oi turma! 
     
    Um pitaco de passagem: 
     
    -Assim como podemos aproveitar as fases de baixa para adquirir boas empresas, podemos aproveitar as fases de alta para nos livrarmos (ou diminuir posição) das empresas que ficaram ruins... :-) 
     
    Já dizia o grande filósofo Leitão....kkkkkkkkk!! 
     
    Abraços! 
    Leitão

      José, Safo, Abreu, RonaldoMG, Turco, Luiz_Alvim, Juninho curtiram isto.



    3  
    Turco   14 set  

    BULLMARKET: ATÉ QUANDO? - IBOV

    Os axiomas da "filosofia leitoniana" nos orientando como sempre. 
    No entanto, confirmando um deles, o indice IBOVESPA pouco influencia quando o papel está decadente em seus fundamentos. 
    Exemplo? Minha carteira: 
     
    EMPRESA    CARTEIRA VALOR ATUAL/VALOR CORRIGIDO SELIC  
                            %                           ... Ver mais
    ABEV3............ 5,62 ................ -13,47239  
    BBDC4........... 4,15 ................   65,86132  
    BBSE3............ 2,01 ................    3,13438  
    BVMF3........... 4,87 ...............   60,71906  
    CCRO3........... 6,24 ............... -32,47274  
    CGRA4........... 4,24 ...............   46,50191  
    CIEL3............ 4,94 ................   12,38955 
    CMIG3.......... 6,39 ...............  -56,54454  
    EGIE3...........     4,75 ...............   -14,59535  
    ETER3.......... 6,59 ...............  -106,50692  
    GRND3......... 5,06 ..............    69,22943  
    ITSA4........... 1,82 ..............    18,33315  
    LREN3.......... 4,83 ..............    97,08428  
    NATU3......... 5,37...............     -41,89183 
    PETR3......... 5,50 .............   -33,46264  
    TIET4.......... 5,38 .............   -16,45047  
    VALE3.......... 5,88 .............    26,75701  
    VIVT3.......... 5,51 ..............   -13,10596 
    VLID3.......... 5,62 ..............   -69,31145  
    WEGE3........ 5,12 ..............    38,22420  
     
    TOTAL.........    100,0 ................     -3,305353  

      RonaldoMG, Paulo RS, Juninho curtiram isto.



    11  
    Luiz_Alvim   16 set  

    BULLMARKET: ATÉ QUANDO? - IBOV

    Olá Ronaldo e demais amigos do Buteco, 
     
    Esta sua pergunta é meio difícil de responder, uma vez que não foi dado, a nós humanos, a capacidade de prever o futuro. Mas, isto não nos impede de fazer algumas considerações baseadas em fatos do presente, que podem nos indicar a probabilidade de que estejamos vivenciando, ou não, o início de um novo período de “bull market” na bolsa brasileira. No momento atual, consigo ver mais pontos que conspiram a favor da tese do “touro” do que o ... Ver mais contrário, a do “urso”. Senão vejamos: 
     
    1 – Depois de quase três anos de forte recessão, a economia brasileira começa a mostrar os primeiros sinais de que estamos saindo do buraco. O PIB do 1TRI17 cresceu 1% e o do 2TRI17 0,2%. Portanto, embora em ritmo modesto, tecnicamente falando já saímos da recessão. Aos poucos a confiança dos empresários vai voltando, os investimentos começam a aparecer e o nível de emprego começa a se recuperar. Os números de produção e venda do setor automotivo nos últimos meses mostram claramente isto. Ponto para o “touro”. 
     
    2 – A inflação acumulada dos últimos 12 meses (IPCA) fechou o mês de agosto em 2,46%, abaixo da meta de 2017, o que tem permitido ao COPOM cortar drasticamente a taxa de juros (SELIC). Estamos agora com uma taxa de 8,25% e é bem provável que o ano termine com a SELIC próxima a 7%. Juros baixos induzem as pessoas a buscarem financiamento para a aquisição de bens duráveis, e as empresas, por sua vez, aumentam a sua capacidade de investimento na medida em que as taxas de juros vão sendo reduzidas. Além disso, a queda dos juros influencia diretamente os balanços das empresas, na medida em que melhora o resultado financeiro e, por consequência, aumenta os lucros. Já vimos isto começar a acontecer nos balanços do 2T17 divulgados pelas empresas e a tendência é que os números melhorem ainda mais no 3T17 que está chegando ao fim. Ponto para o “touro”. 
     
    3 – Estamos vivendo um período de inflação baixa não apenas no Brasil, mas também na maioria dos demais países do mundo e isto já vem de algum tempo. Com isto, os capitais disponíveis nos países mais desenvolvidos buscam melhores oportunidades de investimento em países onde retornos maiores são percebidos. E o Brasil é claramente um deles. Basta ver o volume de recursos estrangeiros que tem entrado na B3 e a quantidade de negócios que tem acontecido envolvendo a compra de participações, totais ou parciais, de empresas brasileiras por capitais de fora. É interessante notar que os investidores estrangeiros acreditam mais na recuperação do país do que nós mesmos brasileiros. As empresas estrangeiras que investem aqui geralmente possuem visão de longo prazo e conseguem ver ótimas oportunidades a serem exploradas no nosso mercada interno, que é bem significativo. Ponto para o “touro”.  
     
     
    4 – O Brasil apresenta hoje um déficit fiscal gigantesco, tanto nas contas do governo central, como na grande maioria dos estados e municípios. Em função de medidas equivocadas tomadas pelos nossos últimos governos, chegamos, no meu modo de ver, a um ponto próximo da ruptura na questão fiscal e a nossa dividida interna tem crescido de forma acelerada. Corrigir este problema não é uma tarefa simples, até porque vários dos “remédios” necessários envolvem mudanças constitucionais que, além de impopulares, exigem maioria de 2/3 para serem aprovadas no congresso. Se nada for feito para corrigir este grave problema, o país continuará caminhando rumo ao precipício e aí, adeus recuperação econômica e adeus “touro”. Ponto para o “urso”.  
     
     
    5 – O país tem hoje o governo mais impopular da sua história. Basta ver as pesquisas de opinião que são divulgadas. Como a maioria, também não gosto dos políticos que estão no comando do país. Não votei nestas pessoas, nem pretendo votar no futuro, se é que elas ainda vão ter a oportunidade de sequer se candidatarem a algum cargo público aí pela frente. Mas uma coisa é preciso reconhecer: o governo atual teve a habilidade necessária para montar uma das melhores equipes econômicas que já passaram por Brasília. E este pessoal tem trabalhado com afinco para produzir num curto espaço de tempo, pouco mais de um ano, medidas que são muito positivas para a nossa recuperação econômica. Ponto para o “touro”.   
     
     
    6 – Vivemos uma crise política sem precedentes, que dispensa maiores comentários. 2018 será um ano eleitoral decisivo para o país e, dependendo de quem será o nosso próximo governante, podermos caminhar rumo ao céu ou ao inferno, sem esquecer que o purgatório também é uma opção. A instabilidade política não é boa para a bolsa. Ponto para o “urso”. 
     
     
    Pois é pessoal, certamente outros pontos poderiam ser acrescentados na lista acima, sejam a favor do “touro” ou do “urso”. Mas vou parar por aqui para este texto não ficar muito maior do que já está. Meu placar final está apontando 4 X 2 para o “touro”. Ele reflete sim o que acredito neste momento: podemos estar vivenciando um novo período de “bull market” na bolsa brasileira. Para que isto possa acontecer, é preciso que muitas mudanças importantes ainda sejam feitas neste país. Se estas mudanças virão mesmo, só o futuro poderá dizer.  
     
    Finalizando, gostaria de deixar aqui, como anexo, um gráfico do mestre Leitão que mostra um estudo histórico muito interessante do IBOV, de 1994 a 2017 (março). Será que estamos no início de um novo ciclo de alta, como o que ocorreu entre os anos de 2002 e 2008? Pessoalmente, acredito que existem boas chances de isto acontecer. E vocês? 
     
     
    Abraço, 
    Luiz Alvim 
     
     
     

      shi, Leitão, mauricio gonzo, Abreu, Carlão_A, Leonardo, Rafa M, Natália, Roberto Luis Pivetta, RonaldoMG, Diego curtiram isto.



    3  
    Paulo RS   20 set  

    BULLMARKET: ATÉ QUANDO? - IBOV

    Olá Turco, olá colegas, 
     
    Achei esta pérola no Blog do Leitão: 
     
    "Tony on 2017-setembro-16 said: 
     
    Outra coisa, é que o IBOV estava no topo com PETR a 35 reais, VALE a 45, USIM a 40, hoje tá no topo com PETR a 15 e vale a 35 e USIM a 8. Então o IBOV não é muito fiel não… Bem meio safadão…" 
     
    Abs... 
    Paulo RS

      Safo, Turco, RonaldoMG curtiram isto.



    21  
    Luiz_Alvim   24 set  

    MINHA OPINIÃO/ANÁLISE PESSOAL SOBRE: CIE... - CIEL3

    Olá  Pessoal, 
     
    Atendendo o convite do Mestre Leitão, vou deixar aqui minha opinião pessoal sobre a CIELO. Sou sócio desta empresa desde janeiro/2013 e CIEL3 representa atualmente (em valor de mercado) 4,8% da minha carteira.  
     
    1 – ENTENDENDO O NEGÓCIO DA CIELO 
    Eu poderia tentar resumir aqui em poucas linhas o negócio da CIELO, mas preferi anexar duas cartas da DYNAMO (77 e 78) que explicam detalhadamente como funciona o negócio de cartões no ... Ver mais Brasil e como a CIELO, como credenciadora que é, se insere no modelo aqui adotado. Fazendo um parêntese, para quem ainda não conhece, a DYNAMO é reconhecida como a melhor gestora de fundos de ações do país e seu fundo COUGAR, criado em 1993, apresenta uma rentabilidade impressionante desde então. O COUGAR é o sonho de consumo de muitos investidores que gostam de aplicar através de fundos de ações, mas, infelizmente, está fechado para novas aplicações já faz algum tempo. Esta gestora publica no seu site cartas trimestrais primorosas, que são uma excelente fonte de pesquisa para quem gosta de aplicar em ações. E o melhor de tudo é que estas cartas estão acessíveis para qualquer um sem custo algum. Estas duas cartas que anexei foram escritas em agosto/2013, mas, apesar do tempo (4 anos) a maior parte do conteúdo permanece razoavelmente atualizado.  
     
    2 – OS CONTROLADORES DA CIELO 
    Com 57,3% das ações, divididas em partes iguais, Banco do Brasil e Bradesco são os controladores da CIELO. As demais ações representam basicamente o “free-float” disponível. Estes dois “bancões” possuem enormes redes de agências, que são utilizadas pela CIELO para capturar novos clientes. É um diferencial competitivo importante, que certamente contribui para que a empresa seja a líder absoluta do mercado onde atua. 
     
    3 – INDICADORES FINANCEIROS 
    A planilha anexa mostra os principais indicadores da CIELO nos últimos dez anos. A empresa mostrou um ótimo desempenho neste período retratado pelo CAGR (crescimento médio anual composto) dos seguintes indicadores: Patrimônio Líquido (35,7%), Receita Líquida (17,7%), EBITDA (11,4%) e Lucro Líquido (17,7%). As margens caíram um pouco ao longo do tempo, mas, ainda assim, são excepcionais. Em 2016, com o país em forte recessão, a margem EBITDA ficou em 45% e a margem líquida em 34%.  
     
    No final de 2014 a CIELO aliou-se ao Banco do Brasil, um de seus controladores, para criar a CATENO, uma nova empresa para atuar na área de processamento de cartões. A CATENO foi avaliada na época em R$ 11,6 bilhões, sendo que a CIELO entrou com R$ 8,1 bilhões em dinheiro e o BB com os seus ativos já existentes nesta área. No final, a CIELO ficou com uma participação de 70% na CATENO e o BB com 30%. Para fazer frente a este investimento, a CIELO fez uma dívida junto ao mercado, através da emissão de debêntures, o que elevou a sua dívida bruta no final de 2015 a R$13,3 bilhões. Para ajudar no pagamento da dívida, a empresa decidiu também reduzir o seu pay-out, que até então era de 70%, para 30%.  A compra desta participação na CATENO foi um excelente investimento, pois permitiu à CIELO entrar em um novo negócio bastante lucrativo. Como gera muito caixa nas suas operações, a empresa vem conseguindo reduzir a sua dívida muito rapidamente. O indicador Dívida Líquida/EBITDA, que em dezembro/2016 estava em 1,47, ao final do 1SEM17 já havia caído para 1,02. Com isto, a administração da empresa propôs, e o CAD aprovou, a elevação do pay-out referente ao 1SEM17 para 70%. Este dividendo será pago aos acionistas em 29/09 próximo.  
     
    4 – OS RISCOS DA CIELO 
    Muita gente no mercado acha que a CIELO vem perdendo mercado para as novas empresas que tem entrada no negócio de adquirência. Como é um negócio muito bom, com margens ótimas e um bom espaço para crescimento no país, é normal que haja um aumento na concorrência. CIELO (BB + BRADESCO), REDE (ITAÚ) e GETNET (SANTANDER), especialmente as duas primeiras, sempre dominaram o negócio de adquirência, deixando pouco espaço para os demais concorrentes: STONE, PAG SEGURO, BIN, ELAVON, etc. Os últimos números que vi sobre participação de mercado, referentes ao 1T17, mostram: CIELO (53,5%), REDE (34,7%) e GETNET (11,6%), medido em volume financeiro de transações. Sabe-se que as novas empresas entrantes têm ofertado os seus serviços a preços mais baixos para atrair mais clientes, mas não se sabe ao certo até que ponto esta política tem roubado participação de mercado da CIELO. Exceto a CIELO, todas as demais são empresas de capital fechado e, como tal, seus balanços não estão disponíveis.  É fato que o volume de POSs (maquininhas de cartão) da CIELO vem caindo nos últimos meses, mas não dá para saber se o motivo desta queda se deve aos concorrentes que estariam substituindo as máquinas da CIELO em função do custo menor de seus equipamentos, ou se muitos negócios deixaram de existir em função da grave crise econômica que se instalou no país. 
     
    Outro fato importante, é que o Banco Central, que é o órgão regulador do negócio de adquirência, vem promovendo algumas mudanças importantes no setor. Objetivando uma redução das taxas de juros cobradas nos cartões de crédito, recentemente o BC definiu novas regras para baixar as taxas de juros do crédito rotativo praticadas pelos bancos emissores. Foi uma mudança positiva e importante para os consumidores, mas que não afeta o negócio da CIELO. Outro ponto que está em estudo pelo BC é a redução do prazo de pagamento aos lojistas das compras feitas através do cartão de crédito, hoje em torno de 28 dias. Fala-se em uma redução drástica neste prazo, hoje em torno de 28 dias em média. Caso isto de fato venha a acontecer, aí sim, a CIELO e as demais adquirentes, poderiam ser afetadas com uma possível queda nas suas receitas. 
     
    Verdade ou não, o fato é que nos últimos meses as cotações da CIEL3 na bolsa vêm caindo sistematicamente e nunca estiveram tão baratas como agora. A título de curiosidade, vejam abaixo o P/L médio anual da CIEL3 desde que passou a fazer parte da minha carteira em 2013: 
    ANO        P/L MÉDIO 
    2013        18,0 
    2014        21,4 
    2015        21,7 
    2016        18,8 
    2017        15,6 
     
    Pessoalmente, eu tenho visto estas quedas da CIEL3 muito mais como uma oportunidade para fazer novas compras a um preço baixo, do que como uma ameaça, mas, só o futuro poderá dizer se estou certo ou errado na minha percepção. 
     
    Bem pessoal, muita coisa a mais poderia ser dito sobre a CIELO, mas, creio que o objetivo aqui não é fazer um tratado sobre a empresa, mas trazer um conjunto de informações que possam ajudar os possíveis interessados a conhecer um pouco melhor a empresa. Espero, pelo menos em parte, ter atendido a proposta do Mestre. De qualquer forma, creio que seria ótimo se outros colegas, que também possuem a CIEL3 em suas carteiras, pudessem também dar um depoimento sobre a empresa.  
     
    Abraço, 
    Luiz Alvim 
     

                 

      Abreu, Leitão, Safo, Carlão_A, Jânio CF, Matheus, Pablo, Clécio, André, Samanta Arrais, Duck Zanca, Roberto Luis Pivetta, Raphaelfrf, Flávio Pontes, Ugo Zanchi, Majorie, José, Mone, Diego, Rafa M, Yuri curtiram isto.



Edição de SETEMBRO/2017

 

 

Produzido por: http://leitaoemacao.com/buteco

Edição de SETEMBRO/2017

(Versão Beta, em teste.)

FOLHETIM