Produzido por: http://leitaoemacao.com

  Edição de JULHO/2017

    4  
    Turco   4 jul  

    DISCUTINDO A VALE

    Quem se interessar pela conversão uma dica: 
     
    A partir da data em que é pedida a conversão, a ação fica bloqueada para negociação. 
    Então, quem tiver intenção de negociar as ações deve deixar para pedir a Conversão mais ao final do prazo que será 11/08/2017. 
     
    Aviso aos acionistas: Abertura de Prazo para a Conversão Voluntária de Ações Preferenciais em Ações Ordinárias 
     
    Rio de Janeiro, 27 de junho de 2017 – Comunicamos aos Senhores Acionistas ... Ver mais e ao mercado em geral que, na Assembleia Geral Extraordinária da Vale S.A. (“Vale” ou “Companhia”), realizada na data de hoje (“AGE”), foi aprovada a proposta de reestruturação da governança corporativa da Companhia, apresentada pela Valepar S.A. em nome de seus acionistas Litel Participações S.A., Litela Participações S.A., Bradespar S.A., Mitsui & Co., Ltd. e BNDES Participações S.A. – BNDESPAR, com o objetivo de viabilizar a listagem da Vale no segmento especial da B3 S.A. – Brasil, Bolsa, Balcão (“B3”) denominado Novo Mercado e transformá-la em uma sociedade sem controle definido (“Proposta”), conforme Fatos Relevantes divulgados pela Vale em 20.02.2017 e 05.06.2017. 
     
    Com isso, inicia-se o prazo de 45 (quarenta e cinco) dias, encerrando-se em 11.08.2017, observando-se os horários e procedimentos de cada instituição, (“Período de Conversão”), durante o qual os acionistas detentores de ações preferenciais classe “A” de emissão da Companhia poderão, se assim desejarem, solicitar a conversão de ações preferenciais de sua titularidade em ações ordinárias, na proporção de 0,9342 ação ordinária para cada ação preferencial detida, que constitui uma das etapas indissociáveis e interdependentes da operação de reestruturação aprovada na AGE (“Conversão Voluntária”). A implementação da Conversão Voluntária e, consequentemente, das demais etapas da operação objeto da Proposta, está sujeita à adesão de pelo menos 54,09% (cinquenta e quatro vírgula zero nove por cento) das ações preferenciais classe “A” (excluídas as ações em tesouraria) (“Condição de Conversão”). 
     
    Os detentores de American Depositary Shares lastreadas em ações preferenciais classe “A” da Vale (“ADSs Preferenciais”) poderão aderir à Conversão Voluntária, caso em que receberão American Depositary Shares lastreadas em ações ordinárias da Vale (“ADSs Ordinários”), nas mesmas condições oferecidas aos detentores de ações preferenciais classe “A”, ou seja, 0,9342 ADS Ordinário para cada ADS Preferencial (“Oferta de Permuta”). A Oferta de Permuta inicia-se em 28.06.2017 e está prevista para encerrar-se às 17h, horário da cidade de Nova York (18h no horário do Rio de Janeiro), de 11.08.2017, sendo que o Banco Bradesco S.A. (“Bradesco”), custodiante das ações para fins do Programa de ADSs Preferenciais da Vale, executará a instrução de conversão à B3, no dia 11.08.2017, após concluídos os procedimentos operacionais necessários para a apuração do resultado das manifestações de adesão à Oferta de Permuta. 
     
    As ações preferenciais classe “A” e as ADSs Preferenciais cujos titulares não aderirem à Conversão Voluntária não terão seus direitos afetados, permanecendo em circulação. 
     
    Procedimentos para a Conversão Voluntária das ações preferenciais classe “A”: 
     
    (i) os acionistas titulares de ações preferenciais classe “A” depositadas na B3 que desejarem converter suas ações preferenciais em ordinárias deverão, durante o Período de Conversão, entrar em contato com seus agentes de custódia (Corretoras, Home Brokers) com antecedência suficiente para a tomada das medidas necessárias à conversão de suas ações, observadas as regras e os procedimentos operacionais da B3; e 
     
    (ii) os acionistas titulares de ações preferenciais classe “A” registradas no Bradesco, instituição depositária das ações escriturais da Companhia, que desejarem converter suas ações preferenciais em ordinárias deverão, durante o Período de Conversão, comparecer a uma das agências do Bradesco e assinar o respectivo formulário para conversão disponível em tais agências, devendo apresentar os seguintes documentos: (1) Pessoa Física: Carteira de Identidade/Cadastro de Pessoa Física (CPF) ou Carteira de Habilitação (CNH); (2) Pessoa Jurídica: Documentação societária outorgando poderes de representação e Carteira de Identidade/Cadastro de Pessoa Física (CPF) ou Carteira de Habilitação (CNH). 
     
    No caso dos acionistas que detenham posições no serviço de Empréstimo de Ativos (BTC) da B3, em razão de contrato de empréstimo de ações, a conversão de ações será realizada de acordo com os procedimentos e regras operacionais da B3. A Companhia recomenda aos investidores que tenham operações ativas no BTC envolvendo ações preferenciais classe “A” de emissão da Companhia que se informem com seus agentes de custódia sobre o tratamento que será dado às ações preferenciais classe “A” objeto de tais contratos de empréstimo.  
     
    Procedimentos para a Permuta de ADSs (ADR): 
     
    A Oferta de Permuta está sujeita aos termos e condições estabelecidos na Oferta de Conversão datada de 28.06.2017 (“Oferta de Conversão”), que inclui uma descrição dos procedimentos a serem observados pelos detentores registrados e beneficiários de ADSs Preferenciais que desejarem participar da Oferta de Permuta. A Oferta de Conversão será arquivada na Securities xExchange Commission dos Estados Unidos da América como um anexo de um Schedule TO da Vale, e cópias da Oferta de Conversão e outros documentos relevantes serão (i) enviadas para os detentores registrados de ADSs Preferenciais e para os titulares de ações preferenciais residentes nos Estados Unidos cujos nomes constem nas listas de acionistas mantidas pela Central Depositária da B3, e (ii) fornecidas a corretores e outros intermediários de valores mobiliários que sejam listados como participantes da listagem de posição de valores mobiliários da Depository Trust Company, agência de compensação para os ADSs Preferenciais, na qualidade de titulares de ADSs Preferenciais na presente data para transmissão posterior aos beneficiários de ADSs Preferenciais. A Companhia solicita que os detentores de ADSs Preferenciais leiam com atenção a Oferta de Conversão e outros materiais relacionados à Oferta de Permuta antes de tomar qualquer decisão quanto à Oferta de Permuta, uma vez que tais documentos contêm informações importantes sobre a Oferta de Permuta. 
     
    Cópias da Oferta de Conversão e de outros documentos relevantes poderão ser obtidas de forma gratuita junto ao Morrow Sodali LLC, agente de informação dos Estados Unidos da América para a Oferta de Permuta, nos seguintes telefones e endereço eletrônico: 
    • Ligações dos Estados Unidos da América: (800) 662-5200 
    • Ligações fora dos Estados Unidos da América: (203) 658-9400 
    • E-mail: ELEC.info@morrowsodali.com 
     
    Aceitação, Conversão das Ações e Cronograma Estimado: 
     
    Após o encerramento do Período de Conversão e da apuração das solicitações de conversão, a Companhia divulgará Fato Relevante informando a verificação ou não da Condição de Conversão e contendo o resultado da Conversão Voluntária, caso verificada a Condição de Conversão. 
     
    Recomenda-se que os acionistas interessados em aderir à Conversão Voluntária ou Oferta de Permuta, conforme o caso, manifestem seu interesse com a maior antecedência possível de maneira a tornar viável a eventual confirmação pelo acionista junto ao agente de custódia e/ou instituição depositária de que sua manifestação de interesse foi devidamente recebida antes do término do Período de Conversão, e, assim, ter a oportunidade de sanar quaisquer vícios de forma relacionados a sua solicitação. Ressalta-se, desde já, que a Companhia, agentes custodiantes, instituição depositária e a B3 não farão qualquer análise independente sobre o conteúdo das informações contidas nas solicitações recebidas, que serão de inteira e exclusiva responsabilidade de cada acionista.  
     
    Em até 2 (dois) dias úteis da data de divulgação do resultado da Conversão Voluntária, isto é, 15.08.2017, as ações preferenciais classe “A” cujos titulares tenham aderido à Conversão Voluntária serão convertidas em ações ordinárias e creditadas nas contas de custódia dos acionistas solicitantes mantidas na B3 ou no Bradesco (“Data de Conversão”), sendo que a disponibilidade para negociação das novas ações e ADSs ordinárias poderá variar de acordo com os procedimentos internos de cada agente de custódia.  
     
    As novas ações ordinárias emitidas em razão da Conversão Voluntária farão jus ao recebimento integral de dividendos e/ou juros sobre capital próprio que vierem a ser declarados pela Companhia a partir da Data de Conversão, e a todos os demais direitos e benefícios que forem conferidos aos demais detentores de ações ordinárias de emissão da Companhia a partir de então, em igualdade de condições com as demais ações ordinárias de emissão da Companhia. 
     
    Até o encerramento do Período de Conversão, o acionista que tenha solicitado a conversão de suas ações preferenciais classe “A” poderá solicitar o cancelamento de sua participação na conversão, observados os procedimentos estabelecidos pela B3. Após o encerramento do Período de Conversão, a solicitação de conversão das ações preferenciais classe “A” constituirá manifestação de vontade irrevogável e irretratável por parte do acionista solicitante para autorizar a conversão, nos termos descritos acima, das ações preferenciais classe “A” e emissão das correspondentes ações ordinárias na conta de depósito do acionista. As ações preferenciais classe “A” objeto da solicitação de Conversão ficarão bloqueadas para negociação. 
     
    As frações de ações ordinárias resultantes da Conversão Voluntária serão agrupadas em números inteiros de ações ordinárias e alienadas em leilões que serão oportunamente realizados na B3, sendo os recursos líquidos resultantes da venda (após a dedução das taxas e despesas aplicáveis, incluindo comissões de venda) revertidos aos titulares das frações proporcionalmente às frações por eles detidas à data do agrupamento das ações. 
     
    O Depositário tentará vender na NYSE, o total das frações de ADSs Ordinárias da Vale à qual o investidor tenha direito de receber com base nos recursos líquidos (após a dedução das taxas, impostos e despesas aplicáveis, inclusive as taxas de comissão) decorrentes de qualquer venda na NYSE do total de frações de ADSs da Vale. 
     
    A Companhia manterá seus acionistas e o mercado em geral informados sobre eventuais novas informações relevantes a respeito dos temas tratados neste Aviso aos Acionistas. 
     
    Para mais informações, contactar: 
     
    +55-21-3485-3900 
    Andre Figueiredo: andre.figueiredo@vale.com 
    Carla Albano Miller: carla.albano@vale.com 
    Fernando Mascarenhas: fernando.mascarenhas@vale.com 
    Andrea Gutman: andrea.gutman@vale.com 
    Bruno Siqueira: bruno.siqueira@vale.com 
    Claudia Rodrigues: claudia.rodrigues@vale.com 
    Denise Caruncho: denise.caruncho@vale.com 
    Mariano Szachtman: mariano.szachtman@vale.com 
    Renata Capanema: renata.capanema@vale.com

      Carlão_A, Claudia, Capt. Gottlieb, Rafael Melo curtiram isto.



    3  
    Turco   5 jul  

    DISCUTINDO A VALE

    Olá Claúdia,  
     
    Sou suspeito em opinar por preferir encarteirar ONs.  
    No caso específico da VALE nem me lembro porque optei por PN, já que não tem TAG ALONG.  
    Os únicos casos em que preferi PN conscientemente foi BBDC4, CGRA4 e TIET4 por questão de liquidez.  
    Aproveitando a oportunidade, estou aderindo a oferta de conversão voluntária da VALE.  

      Alessandro P., Capt. Gottlieb, Rafael Melo curtiram isto.



    4  
    Turco   6 jul  

    DISCUTINDO A VALE - VALE5

    Paulo RS, 
     
    1- é a VALE5 ? Ela vai ser transformada em Vale3... Etc. 
    ___ Sim, é a VALE5. 
    ___ Para quem optar pela conversão sim, desde que: 
    ..."A implementação da Conversão Voluntária e, consequentemente, das demais etapas da operação objeto da Proposta, está sujeita à adesão de pelo menos 54,09% (cinquenta e quatro vírgula zero nove por cento) das ações preferenciais classe “A” (excluídas as ações em tesouraria) (“Condição de Conversão”)."  
    ___ ... Ver mais A VALE5 continuará em circulação. 
    ... "As ações preferenciais classe “A” e as ADSs Preferenciais cujos titulares não aderirem à Conversão Voluntária não terão seus direitos afetados, permanecendo em circulação." 
     
    2- É obrigatoria no futuro esta conversão, etc. 
    ___ No momento não. Mas futuro é futuro. 
     
    Dê uma lida no Aviso aos Acionistas abaixo que detalha e esclarece todo o processo. 

      Paulo RS, Leitão, Capt. Gottlieb, Rafael Melo curtiram isto.



    4  
    Turco   6 jul  

    DISCUTINDO A VALE

    Alessandro P., 
     
    Se concluida a conversão, adotarei o seguinte procedimento para atualizar a Planilha: 
     
    __Um lançamento de Venda da VALE5 pelo valor adotado na conversão e um de Compra da VALE3 nos mesmos moldes. 
     
    Já procedi desta maneira quando resolvi substituir, por vontade própria, PN por ON em minha carteira.

      Paulo RS, Capt. Gottlieb, Abreu, Rafael Melo curtiram isto.



    3  
    César   12 jul  

    GERDAU: O QUE DIZER DELA? - GGBR3

    Olá, amigos. 
     
    Não compro GGBR4 desde 2014, ano em que a rebaixei para o meu segundo escalão por conta na queda acentuada dos lucros. Nesse segundo escalão eu limito cada papel em até 2% da carteira, então a participação da Gerdau nos meus investimentos é bem modesta. 
    Mas pretendo continuar sócio, pois entendo que ela está em um setor cíclico e que apanhou muito da crise e da concorrência chineses. Está desalavancando, mantém a liderança no mercado brazuca e está bem posicionada ... Ver mais nos eua. 
    Enfim, pra mim é uma empresa sólida que tem condições de passar pela tempestade e entregar bons resultados depois que a crise passar. 
     
    Ficarei observando os demais comentários. 
     
    Abraços,  
    César 

      Turco, Benjamin, José curtiram isto.



    5  
    neilorp   19 jul  

    IRB RESSEGUROS BRASIL SA - ABRIRÁ CAPITA...

    Olá Pessoal, 
     
    Recebi prospecto da IRB Resseguros Brasil. Ela abrirá capital na bolsa. Sabemos que IPO dificilmente será uma boa para nós pequenos investidores, mas é uma empresa a se avaliar em colocar na carteira de dividendos / longo prazo. 
     
    Abraços a todos e bons investimentos, 
     
    neilorp

      Carlão_A, Turco, José, Claussen, Luiz_Alvim curtiram isto.



    4  
    Turco   19 jul  

    DISCUTINDO A VALE

    Silvio, 
     
    Realmente, não será uma venda. 
    Nas substituições de PN para ON que fiz em minha carteira, por vontade própria, lancei da forma abaixo: 
     
    Supondo que na Carteira de IG se tenha 674 VALE5  ao preço médio de R$ 26,800454 e valor total aplicado de R$ 17.578,23; 
    Aplicando o fator de conversão (0,9342) viram 629 VALE3 ao preço médio convertido de R$ 27,915405 = R$ 17.558,79. 
    Então lança-se as 674 PN na planilha com sinal ... Ver mais negativo (VENDA) e as 629 ON como uma compra normal e a diferença referente a fração de 0,6805 de uma ação ON (R$ 19,44 na cotação de hoje) lança-se como PROVENTOS quando do crédito no futuro. 
    Vide Planilha anexa exemplificando o antes e o depois, com dados da data de hoje. 
     
    O preço médio passará a ser o da VALE3 a partir do valor inicial de R$ 27,92 já que será zerada a posição da VALE5. 
     
    Quanto ao Imposto de Renda, por não ter havido operação de venda, não há incidência. Já em relação a Declaração de Ajuste Anual 2018-2017, na Declaração dos Bens esta operação deverá ser explicada, ou seja abre-se novo item para o bem AÇÕES VALE3 e no item existente AÇÕES VALE5 explica-se a operação e deixa o campo 31/12/2017 zerado. 

      Silvio, Capt. Gottlieb, Claudia, Rafael Melo curtiram isto.



    4  
    Turco   22 jul  

    DISCUTINDO A VALE - VALE5

    Capt. Gottileb,  
     
    Sim, basta discriminar de modo sucinto o ocorrido.  
    Neste caso as 1000 PN se tornariam 934 ON + fração de 0,20 de uma ação ON, a ser creditado em valor monetário apurado após o leilão das sobras.  
    Para ser mais didático anexo "espelho" dos lançamentos na Declaração Anual do Irenda, baseados nos dados das planilhas postadas anteriormente.

                 

      Capt. Gottlieb, Abreu, Rafael Melo, Paulo RS curtiram isto.



    4  
    Turco   25 jul  

    DISCUTINDO A VALE - VALE3

    Silvio, 
     
    Aí vai a gosto de cada um. 
    Como se trata uma substituição pelo Processo de Conversão tem até certa lógica a transferência dos proventos. 
    Para ser fiel a minha formação contábil(*), e com o intuito de manter o histórico das transações efetuadas, em todas as substituições que fiz, quer tenha sido por Conversão, Venda e Compra, "Cartão Vermelho" ou Fechamento de Capital, mantive os lançamentos originais, somente deslocando os papéis substituídos para a ... Ver mais parte de baixo da tabela_vide anexo. 
     
    (*) Conceito básico de Contabilidade: 
    É a ciência que tem como objetivo observar, registrar e informar os fatos econômico-financeiros acontecidos dentro de um patrimônio pertencente a uma entidade; mediante a aplicação do seu conjunto de princípios, normas, técnicas e procedimentos próprios.

      José, Rafael Melo, Silvio, Claudia curtiram isto.



    4  
    Rafael_Resende   26 jul  

    DISCUSSÕES SOBRE ETERNIT

    Estou tranquilo com ETER. Continuo aportando normalmente. É uma empresa cíclica e até pouco tempo (na bonança) era uma das queridinhas, distribuidoras de dividendos e tals.  
     
    Caso essa empresa venha a falir, não tenho como prever isso, a gestão de risco foi feita. Sem problemas também. 
     
    Atualmente, estou vendo uma grande oportunidade em ETER. Oportunidade de plantar uma semente, os frutos vamos acompanhar e aguardá-los no futuro. 
     
    Essa questão ... Ver mais de cartão amarelo, não concordo. Ou  é cartão verde ou vermelho, na minha opinião. Normalmente, nessas épocas de cartão amarelo é o momento onde estão as melhores oportunidades, caso seja uma empresa bem gerida. É isso que enxergo em ETER, uma empresa bem gerida. Apesar das dificuldades que a tem afetado tem sido bem administrada. Mais uma vez é uma empresa cíclica. 
     
    Agora pra continuar sócio ou não, existem muitas outras variáveis que tem que entrar na conta, como o tempo. Eu estou com tempo. 
     
    Abç

      Sam, renan, Abreu, Leitão curtiram isto.



    3  
    Turco   27 jul  

    DISCUSSÕES SOBRE ETERNIT - ETER3

    Sam,  
     
    ... o que acha deste momento dela?  
     
    Sem perspectiva de recuperação no médio prazo.  
    Além da crise que a afeta muito, tem ainda os infindáveis processos judiciais que a afligem, a força de sua maior concorrente e, também me preocupa, o desmantelamento de sua gestão.  
    Não entraria em minha carteira neste momento.

      Sam, Raphaelfrf, Rafael_Resende curtiram isto.



    1  
    Luiz_Alvim   29 jul  

    IRB RESSEGUROS BRASIL SA - ABRIRÁ CAPITA...

    Olá Neilorp, 
     
    No meu modo de ver, um IPO geralmente não está restrito aos grandes investidores. As próprias empresas têm interesse em conseguir o maior número possível de acionistas, pois mesmo os pequenos também contribuem para aumentar a liquidez das ações no mercado. Para atrair os pequenos investidores, as empresas costumam fixar um valor mínimo relativamente baixo para compra das ações no IPO. No caso do IRB este valor foi de R$ 3 mil. 
     
    A dificuldade maior ... Ver mais que eu vejo nos IPOs é a gente conseguir fazer uma boa avaliação da empresa que está abrindo o seu capital, já que ela é nova na bolsa. É diferente de uma empresa que já abriu o seu capital há muitos anos e possui um bom histórico de indicadores para serem estudados. O prospecto contribui para sanar um pouco este problema, pois eles trazem uma boa quantidade de informações sobre a empresa envolvida. No caso do IRB, já faz alguns anos que eles vêm se preparando para este IPO. Possuem inclusive um site de RI com um bom volume de informações históricas para serem acessadas. Eu já vinha estudando a empresa há algum tempo e, como ela se encaixa bem dentro do perfil de empresa que gosto de ter na minha carteira, decidi entrar no IPO. O bom é que no “bookbuilding” o preço da ação acabou sendo fixado no piso da faixa de preço que havia sido estimada. Na segunda-feira a bolsa deve divulgar o resultado do rateio pois, pelo que já foi divulgado, houve um volume de reservas superior à quantidade de ações disponíveis. 
     
    Abraço, 
    Luiz Alvim 

      Leitão curtiu isto.



    6  
    Luiz_Alvim   30 jul  

    GERDAU: O QUE DIZER DELA? - GGBR3

    Olá amigos do Buteco, 
     
    Eu estou no sexto ano do meu IG e nunca tive uma empresa do setor siderúrgico na minha carteira. O motivo é simples: a competitividade das empresas brasileiras deste setor é muito baixa. O aço é uma “commoditie” e, como tal, seu preço é determinado pelo mercado internacional e as empresas produtoras possuem pouquíssima influência sobre ele. Desta forma, para ser competitiva uma empresa precisa ter custos de produção muito baixos, o que não é o caso das siderúrgicas ... Ver mais brasileiras. A China comanda a siderurgia mundial, pois responde sozinha pela metade da produção mundial total e conseguiu atingir custos de produção imbatíveis. 
     
    Nos primeiros 17 anos da minha vida profissional eu trabalhei em empresas da cadeia do aço: Acesita (siderurgia) e Magnesita (refratários). Isto foi nas décadas de 70 e 80 e, naquela época, quem liderava a siderurgia mundial era o Japão, que possuía as empresas mais modernas e produtivas do planeta. A China nem era muito citada nesta época e, no Brasil, o setor estava em franco crescimento. Mas, o panorama mudou completamente. Os chineses assumiram a ponta e vem massacrando os seus competidores. 
     
    Das siderúrgicas brasileiras, eu vejo a Guerdau como a “menos pior”. Por possuir uma operação internacional importante, especialmente nos EUA, consegue ter resultados um pouco melhores do que as outras, mas, ainda assim, está longe de atender os meus critérios de seleção de empresas para o IG. Penso que existem na bolsa brasileira algumas boas opções de empresas para investir no longo prazo, mas não as siderúrgicas. 
     
    Abraço, 
    Luiz Alvim 

      Turco, Leitão, Carlão_A, César, Rafael_Resende, Capt. Gottlieb curtiram isto.



Edição de JULHO/2017

 

 

Produzido por: http://leitaoemacao.com/buteco

Edição de JULHO/2017

(Versão Beta, em teste.)

FOLHETIM